Distância segura

Distância Segura

Muitos aspectos podem mudar a distância entre veículos e a velocidade nas vias: chuva, subidas ou descidas de serra, pista esburacada, neblina entre outras questões, são alguns exemplos. Por isso, a distância segura entre os carros é essencial na prática da direção. Afinal, muitas vezes, a frenagem ou o tempo de reação para desviar o carro são diferenciais para evitar acidentes e salvar vidas. Além de ser a decisão mais sensata para o trânsito, a aproximação excessiva entre os carros pode resultar em uma multa grave no valor de R$ 127,69 e a perda de cinco pontos na CNH do infrator.

Mas afinal, como saber qual a melhor distância entre seu veículo e o da frente? A Total dá a dica:

  •  A regra dos 3 segundos: estar a 3 segundos de diferença do carro à sua frente. Essa regra consegue abranger as variadas velocidades. Ela pode ser aplicada pelo motorista pegando um ponto fixo na paisagem e contando os segundos de diferença entre o objeto passando pelo carro da frente e passando pelo seu carro.
  •  Na cidade, uma dica para o trânsito mais intenso é manter uma distância entre o veículo a frente na qual você consiga enxergar o chão abaixo do pneu do carro quando parados.

Ambas as regras são válidas para tanto carros quanto motos. Porém, aos motociclistas os cuidados devem ser ainda maiores. Afinal, devido ao tamanho menor destes veículos, as motos acabam ficando em pontos cegos dos carros durante o tráfego. Por isso, o ideal é andar no meio da faixa e evitar os chamados “corredores”.

Quando as condições de condução não forem normais, com chuva ou outros fatores, a atenção deve ser redobrada com um distanciamento maior entre os veículos e a redução da velocidade. Além disso, é sempre importante lembrar: mudança de faixa deve ser sinalizada e não é aconselhável a virada abrupta do veículo. Os motociclistas também devemos ficar atento ao vento causado pelos carros que podem desequilibrar o condutor.

Por fim, lembramos que, além de todos esses cuidados na hora de dirigir, os cuidados com a manutenção dos veículos devem estar sempre em dia. Checar as pastilhas ou tambores e fazer a revisão com regularidade, incluindo a troca de óleo, são pequenas atitudes que podem deixar o dia a dia mais seguro.

X

Ao continuar a navegar neste website, você aceita o uso de cookies ou outros marcadores para as estatísticas de visitas para optimizar a funcionalidade do site.  Para mais informações e configurações