Argentina e Chile golearam e estão nas semifinais

Argentina e Chile golearam e estão nas semifinais

(18 de junho de 2016) Argentinos e chilenos venceram seus rivais e estão entre as quatro melhores seleções da Copa América Centenário. A equipe de Martino goleou por 4 a 1 a Venezuela enquanto os comandados de Pizzi atropelaram o México por 7 a 0 ,numa  goleada histórica. Os próximos duelos serão: Argentina x Estados Unidos e Chile x Colômbia.

Copa América Centenário - Dia 16

Definiu-se ontem, no Gillette Stadium de Foxborough, o terceiro semifinalista da Copa América Centenário. A Argentina, com uma atuação tanto efetiva quanto elogiável, aplicou goleada sobre Venezuela por 4 a 1 e eliminou os venezuelanos da Copa. Pela primeira vez o jogo teve a presença de Messi, desde o início.

Foi justamente o camisa 10 da Argentina, quem foi dono de duas assistências para Gonzalo Higuaín.  Aos oito minutos de jogo, assistiu ao jogador para que este marcasse o primeiro gol da partida. Aos 27 minutos, Higuaín aproveitou um erro defensivo dos venezuelanos para marcar o segundo que deu certa tranquilidade à equipe de Gerardo Martino: o camisa 9 do Napoli interceptou um passe errado atrás de Figueiras, driblou o goleiro Hernández e balançou as redes!

Durante o segundo tempo da partida, a Argentina diminuiu o ritmo do jogo, permitindo que a equipe venezuelana saísse para buscar mais alguma chance. Mas a calma não durou muito, numa excelente jogada coletiva com Gaitán, Messi chutou entre as pernas do goleiro marcando o terceiro gol, se igualando a Batistuta e convertendo-se no máximo artilheiro argentino da história da copa com 54 gols.

Não só Higuaín e Messi fizeram uma grande partida, mas também Sergio Romero fez uma grande defesa. Impediu de tomar gol em duas oportunidades claras a Rondón e, depois de cometer pênalti em Martinez, o goleiro defendeu o pênalti de Luis Seijas, que tentou a cavadinha, mas perdeu.

Faltando apenas vinte minutos para o final da partida, Salomón Rondón conseguiu descontar para os comandados de  Dudamel, mas  Erik Lamela tinha acabado de entrar quando marcou o  quarto gol da Argentina. Agora, a seleção de Martino enfrentará os Estados Unidos, na próxima terça-feira, buscando vaga na final.

O último semifinalista se definiu no Levi's Stadium entre duas seleções candidatas: a do México, pela grande atuação presente, e a do Chile, por ser ”campeã na defesa” e aplicar a maior goleada desta Copa América Centenário.

A equipe de Antonio Pizzi deu uma verdadeira lição de futebol e aplicou goleada sobre os mexicanos com um histórico 7-0, os jogadores destaques foram: Eduardo Vargas, que marcou quatro gols, Edson Puch que marcou duas vezes e Alexis Sánchez quem fez o resto.

Aos 16 minutos de jogo, Puch abriu o placar e antes do fim do primeiro tempo, Vargas marcou o segundo. Já, no segundo tempo, começou o show de gols dos chilenos, que demonstraram sua superioridade e seu poder ofensivo.

Com este resultado, o Chile despachou o México (que perdeu o recorde de 22 partidas sem derrotas), passou às semifinais e enfrentará a Colômbia na próxima quarta- feira, no estádio Soldier Field.

?? ?? ?? ??
X

Ao continuar a navegar neste website, você aceita o uso de cookies ou outros marcadores para as estatísticas de visitas para optimizar a funcionalidade do site.  Para mais informações e configurações