05/10/2018 Notícia

Óleo de motor a granel é confiável?

total_blog_oleo-a-granel_v1_r1.png

No Brasil nunca foi uma prática muito comum, mas, de um tempo para cá, a escolha de óleos lubrificantes a granel tem sido cada vez mais frequente. Você já ouviu falar deles?

É bem simples...

Diferente das tradicionais embalagens de um litro, os lubrificantes a granel ficam armazenados em grandes latões ou tambores (com capacidades para até 200 litros). É importante lembrar que o produto é o mesmo em ambos os casos, o que muda realmente é só a forma como ele é apresentado.

Quanto às vantagens desse tipo de troca, temos o baixo impacto ambiental que ele causa por reduzir o descarte de embalagens e a economia monetária que ele proporciona, já que os óleos a granel costumam ser mais baratos que os engarrafados e podem ser comprados na medida certa. 

Um Peugeot 206 1.4 Flex, por exemplo, precisa de 3,5 litros de lubrificante a cada troca. Sendo assim, se você precisasse realizar a troca de óleo dele por meio das garrafinhas seriam necessárias 4 embalagens e você teria um desperdício de meio litro do lubrificante. Com os óleos a granel você colocaria os 3,5 litros e pagaria apenas por eles.

Mas se as vantagens dessa escolha são tão positivas, por que essa prática não é tão difundida no Brasil?

Acontece que muitas pessoas ainda tem receio de escolher os óleos a granel por medo de contaminação ou adulteração do produto, mas existem algumas formas de se precaver disso! Ao ir à sua oficina de confiança, confira o lacre de segurança desses galões e a cor do fluído, que deve apresentar uma cor amarelada bem clara e translúcida. Lembre-se, também, de escolher sempre um produto de qualidade e compatível com o seu carro. Se tudo estiver correto, você não precisa se preocupar!   

Nos postos de troca rápida da Total (Rapid Oil Change - ROC) você pode optar por óleos a granel, tudo com a qualidade dos produtos Quartz e realizado por profissionais de confiança. Encontre o mais próximo de você nesse mapa e venha realizar sua troca!