31/05/2018 Notícia

A IMPORTÂNCIA DO ÓLEO BÁSICO NA COMPOSIÇÃO DO ÓLEO LUBRIFICANTE

Testando o óleo no laboratório

Vamos entender um pouco mais sobre a composição dos óleos lubrificantes? Dessa vez, o nosso assunto é o Óleo Básico e sua importância. Se você ainda não ouviu falar dele, fique tranquilo(a) que a Total Lubrificantes te explica tudo!

Os óleos básicos são óleos usados na fabricação de diversos produtos do mercado, como óleos lubrificantes de motor, industriais e fluidos de processamento de metais. Ele representa a base para constituir esses e outros produtos, sendo a essência dos mesmos.

No caso dos óleos lubrificantes automotivos, podemos notar que os óleos básicos compõe a maior parte da fórmula junto ao pacote de aditivos que cada um possui. Eles se dividem em óleos de base mineral e óleos de base sintética, onde cada uma das categorias é produzida de maneira diferente, sendo a primeira através de refinação de petróleo bruto e a segunda por reação química.

As duas categorias de óleo básico são muito importantes e possibilitam a produção de óleos lubrificantes minerais, semissintéticos e sintéticos. Cada uma possui as suas próprias características, que interferem no desempenho quando posto em serviço e se dispõe entre os 5 grupos a seguir:

Grupo 1 - Estes são derivados de petróleo e são os menos refinados.  São usados ​​em uma pequena quantidade de óleos automotivos onde as aplicações não são exigentes. Eles compõe os óleos minerais.

Grupo 2 - Estes são derivados de petróleo e são principalmente utilizados em óleos minerais automotivos. O seu desempenho é superior ao Grupo 1 no que diz respeito ao desgaste, estabilidade térmica e estabilidade à oxidação, mas não tão bom a uma temperatura mais baixa. Compõe os óleos minerais.

Grupo 3 - Estes são derivados de petróleo, mas são os mais refinados dos estoques de base de óleo mineral. Eles não são quimicamente desenvolvidos como sintéticos, mas oferecem o mais alto nível de desempenho de todos os estoques de base de petróleo. São também conhecidos como stocks de base "hidrocraqueados" ou "molecularmente modificados" e são geralmente comercializados como óleos sintéticos ou semi-sintéticos e compõem uma porcentagem muito alta dos óleos vendidos.

Grupo 4 - Estes estoques de base têm excelente estabilidade em ambas as temperaturas quentes e frias e dão proteção superior devido a suas moléculas uniformes. Estes compões os óleos sintéticos.

Grupo 5 - Esses estoques de base especiais. Como os estoques de base do grupo 4, eles têm moléculas uniformes e dão desempenho superior e proteção sobre os estoques de base de petróleo. Estes estoques especiais são usados ​​em todos os motores de aviação devido à sua estabilidade e durabilidade. Os ésteres também são polares (eletroestaticamente atraídos para superfícies metálicas) que tem grandes benefícios. Eles geralmente são misturados com ações do Grupo 4 em vez de serem usados ​​exclusivamente.

Quando o assunto são os óleos lubrificantes, temos muito a falar, não é mesmo? Esperamos que você tenha entendido tudo sobre os óleos base, sua atuação e as características de cada categoria. Continue nos acompanhando para ficar por dentro de tudo o que vem por aí!

Conheça os produtos da Total Lubrificantes