15/08/2018 Notícia

QUAIS OS TIPOS DE ÓLEO PARA MOTOR A DIESEL?

total_blog_v1_r00.png

Podemos dividir os motores Diesel (4 tempos) em 2 tipos: Diesel pesados como: ônibus, caminhões e alguns tratores, que também costumam ter motores de combustão a Diesel.  E Diesel Leve ou rápido que equipam algumas pick-ups e veículos utilitários. Isso, na prática, se traduz em certas diferenças, sejam elas de potência e performance, sejam de autonomia e emissão de gases do veículo.

A escolha do óleo lubrificante que será utilizado, nesses motores, é fundamental para extrair o máximo de desempenho, aliado a proteção do motor. E assim como nos veículos movidos a gasolina, escolher o lubrificante correto é importantíssimo para assegurar o bom funcionamento e a longevidade mecânica do seu motor a diesel.

Além de diminuir o desgaste das peças, Lubrificantes como o Total Rubia (desenvolvidos exclusivamente para veículos pesados) garantem a proteção do metal contra a corrosão e a vedação completa dos gases produzidos pela combustão, evitando assim: perda de performance e danos ao meio ambiente.

Certo, mas como acertar na escolha?

No manual do seu veículo certamente tem o tipo de óleo adequado para ele, mas conhecer como esses óleos são classificados pode te ajudar bastante na hora de visitar a oficina.

Sendo assim, aqui vão algumas dicas...

Assim como nos lubrificantes utilizados em veículos a gasolina, os óleos de motor a Diesel também são divididos por categorias e podem aparecer como sintéticos, semissintéticos ou minerais. O mesmo acontece com a viscosidade do óleo que, definida pelo SAE, é um padrão na indústria – saiba mais sobre ela clicando aqui.

Passado os itens anteriores, temos diferentes níveis de desempenhos que são regulamentados pelo Instituto de Petróleo Americano (API) e a ACEA (Associação de Fabricantes de Automóveis Europeus). É ai que as coisas vão mudar (um pouco). Essas definições também são padrões na indústria automotiva, mas muda para veículos de passeio e veículos pesados. Ainda sim, é simples entendê-la!

Numa embalagem da Total Rubia, você vai encontrar diferentes níveis de desempenho, tais como: API CH-4 / API CI-4 / API CJ-4 e os recentes API CK-4 ou FA-4 (ainda não disponíveis no mercado nacional), que são normalizados pela API.

Uma outra especificação de desempenho que é encontrada nas embalagens da linha Total Rubia é a ACEA (European Automobile Manufactures Association), que traduzindo ao português significa “Associação de Fabricantes de Automóveis Europeus”. Essa associação normaliza desempenho para veículos de passeio à gasolina, Diesel leve e Diesel pesado.

Um pouco diferente do API, a ACEA possui um entendimento diferente no quesito “performance”, por exemplo, existe uma preocupação um pouco maior  no que diz respeito à compatibilidade com sistemas pós tratamentos (DPF/SCR/EGR), restrições mais rígidas no que diz respeito à limites de elementos considerados nocivos ao meio ambiente e etc. Abaixo segue um resumo dos níveis de performance da ACEA, que não seguem necessariamente a mesma regra de nível “progressivo” de desempenho, assim como a API.

blog_058_001_v02.png

Em posse dessa informação, é extremamente importante sabermos o significado de cada letra e número para a correta aplicação:

Norma API

= “Commercial” (palavra inglesa que traduzida ao português significa comercial), indicada para veículos de categoria Diesel Extra Pesada, para fins de transporte de carga, ônibus, tratores e serviço pesado em geral.

H”,”I” e letras subsequentes a 1° letra “C” = Indica o nível de desempenho do óleo lubrificante. Por entender que essas letras estão em ordem alfabética*, e por se tratar de uma ordem crescente, quanto mais a letra se aproxima da letra “Z” maior será o seu desempenho.

Números “4” ou “2” = Indica o tipo de estrutura mecânica do motor Diesel. O número “4”, significa “4 – Tempos” e “2” significa “2 – Tempos”.

*Regra não necessariamente aplicável para a tecnologia FA-4.

Norma ACEA

E = Motores Diesel Extra pesados

Números subsequentes à letra “E” = Nível de performance do lubrificante*.

*Regra de nível de performance funciona de forma diferente da API.

Lubrificantes Total Rubia aliada à EURO V.

Motores Diesel, por conta de sua estrutura mecânica e particularidades do combustível utilizado, costuma emitir alto nível de poluentes. Em virtude disto, existem determinadas legislações ambientais que precisam ser respeitadas para que um motor possa ser desenvolvido e lançado no mercado, um exemplo é a EURO V. No Brasil a legislação vigente é a PROCONVE P7 (Diesel pesado), que basicamente atende as mesmas especificações que a EURO V.

Esses motores possuem um avançado sistema de pós-tratamento de gases de escape, com o objetivo de atender as exigências da PROCONVE P7/EURO V. Em caso de uma eventual queima de óleo lubrificante feita pelo motor, caso o produto da combustão desse óleo entre contato com esses sistemas pós-tratamentos (DPF/SCR/EGR), pode danificar o seu funcionamento, por conta disso a Total desenvolveu a tecnologia LOW SAPS.

Óleos lubrificantes LOW SAPS, diferente de óleos lubrificantes comuns, possuem baixíssimo nível de elementos como fósforo, enxofre e cinzas sulfatadas, elementos esses normalmente presente em óleos lubrificantes. Quando esses elementos entrem em contato com o DPF ou outros sistemas pós-tratamentos, causam danos severos nesses sistemas, assim prejudicando o desempenho do motor e em alguns casos, causando danos bastante severos e altos custos de reparo.

É fácil identificar um produto da Total que possui a tecnologia LOW SAPS, os nossos produtos são identificados com o selo abaixo.

blog_058_002.png

Essa tecnologia está presente nas linhas de lubrificantes TOTAL QUARTZ INEO, indicada para motores a gasolina, FLEX e GNV e também na linha TOTAL RUBIA TIR, indicado para motores Diesel extra pesado.

No fim das contas é bem simples, certo? É isso que você precisa ter em mente para fazer a escolha certa para o seu motor.

E se estiver precisando trocar o óleo venha a um dos nossos ROC’s, os postos de troca de óleo rápida da TOTAL. Oferecemos uma vasta gama de lubrificantes prontos para atender as necessidades do seu veículo. Encontre o mais próximo de você: http://www.totalbr.com.br/troca-rapida.html